1º Conferência de Missões

Nos próximos dias 5, 6 e 7, a Igreja Presbiteriana de Macaé realiza a Primeira Conferência de Missões Transculturais, com o tema “Da Cruz, pela Igreja, para as Nações”. As inscrições podem ser feitas pelos telefones 2762-4229 e 2762-4389 ou pelo e-mail central@ipmacae.org.br. Mais informações podem ser obtidas ainda na sede da igreja, na rua Velho Campos, 920 – Centro.

O Preletor Oficial do evento será o Reverendo Mathias Quintela de Souza, Mestre em Missiologia pela Faculdade Teológica Sul Americana (FTSA), pastor presidente da Primeira IPI de Londrina-PR e Presidente do Supremo Concílio da IPI do Brasil entre os anos de 1996 e 1999.
O custo da inscrição é de R$20 por pessoa, com direito a todas as reuniões e material do evento. Segundo o pastor Edilson Botelho Nogueira, estão disponíveis cerca de 450 vagas, ocupação máxima do auditório da igreja.

De acordo com o pastor, o propósito desse evento é despertar os cristãos para uma participação efetiva na proclamação da mensagem de esperança do Evangelho de Jesus Cristo: “Que resgata a dignidade humana, o senso de propósito na vida e a restauração da comunhão com Deus, o Criador”, comenta.

A programação começa na sexta-feira (5), às 20h, com a palestra do Reverendo Mathias sobre o tema central do evento, falando sobre as lições de Cristo desde a cruz, sendo a Igreja a responsável por levar adiante essa notícia aos povos que ainda não conhecem: “O tema é sugestivo – o evangelho é a mensagem do Poder da Cruz para salvar o perdido. Mas essa mensagem foi entregue à Igreja de Cristo, e é ela quem deve fazer chegar à todas as nações da terra”, explicou.

Os outros preletores convidados são Jairton Barros de Melo, Pastor da Presbiterian Church of USA, Presbitério San Gabriel-CA, missionário da SEPAL (Servindo Pastores e Líderes), doutorando em Estudos Interculturais em Missões Urbanas pelo Fuller Seminary-CA, USA, que fará seminário com o tema Conhecendo e alcançando as tribos urbanas brasileiras; Luiz Carlos e Arlete Castro, Missionários da SEPAL, especialistas na formação de comunidades cristãs no contexto europeu, trabalhando atualmente em Portugal e Espanha, com o tema “Desafio da fé cristã num mundo secularizado”.

A Professora Miriam Cristina Zanutti de Oliveira, Mestre em Missiologia pelo CEM – Centro Evangélico de Missões, especialista em Missões para o mundo Islâmico, membro da Igreja Presbiteriana do Grajaú-RJ, membro do corpo docente do Seminário Teológico Maranata-RJ, com o tema “Como levar a mensagem de cristo ao mundo muçulmano”. Segundo o pastor Edilson, o seminário pretende explicar como a fé cristã pode fazer sentido para mundo muçulmano.

As crianças também poderão participar, em uma Conferência Missionária Especial, que começa na sexta-feira à noite e só termina no domingo, sendo dirigida por uma equipe da igreja e um preletor convidado para a ocasião. Podem se inscrever crianças de 4 a 12 anos, pelo valor de R$ 5,00.

Programação da Conferência

Sexta-feira (5)

20h – Abertura
20h30 – Adoração e Louvor
21h – Mensagem: Rev.  Mathias Q. de Souza
22h – Encerramento

Sábado (6)

14h – Louvor e Adoração
14h30h – Desafio Missionário
15h – Seminários I
16h30 – Intervalo
17h – Seminários II
18h30 – Lanche
19h30 – Louvor e Adoração
20h – Mensagem: Rev.  Mathias Q. de Souza
21h – Encerramento

Domingo (7)

9h – Louvor e Adoração
9h30 – Desafio Missionário
10h45 – Mensagem: Rev.  Mathias Q. de Souza
12h – Almoço
16h30 – Seminários
18h – Lanche
19h – Culto de Encerramento

– Conferência de Missões para Crianças

Sexta Feira (5) – 20h
Sábado (6) – 19h30
Domingo (7) – 9h e 19h

Autor: Cris Rosa – Jornal O Debate

Anúncios

Um Convite Irrecusável

“Presente de Grego” é uma expressão que usamos muitas vezes quando queremos nos referira a uma coisa ganha que nos dá mais trabalho do que se não a tivéssemos recebido. É uma referência ao Cavalo de Tróia, dentro do qual estavam escondidos os soldados gregos de Ulisses que tomaram Tróia depois que o imenso “cavalo” foi levado para dentro da cidade. Daí nasceu o provérbio – ‘presente de grego’.

Quero lhe falar sobre o Presente da Graça: “Venham a mim, todos vocês que estão cansados de carregar as suas pesadas cargas, e eu lhes darei descanso. Sejam meus seguidores e aprendam comigo porque sou bondoso e tenho um coração humilde; e vocês encontrarão descanso. Os deveres que eu exijo de vocês são fáceis, e a carga que eu ponho sobre vocês é leve”. Mt. 11:28-30. Continue lendo “Um Convite Irrecusável”

Uma Igreja Dirigida Por Valores

Uma das afirmações mais interessantes que eu ouvi foi — nunca mude uma estrutura sem antes mudar o valor. É por isso que semanalmente temos usado esse espaço para falar de princípios inegociáveis aos quais nos apegamos em nossa caminhada.

         Muitas vezes afirmamos algumas verdades e praticamos outras. Isso mostra que há valores declarados e valores aplicados. Os valores declarados são aqueles que estão na ponta língua, prontos para serem falados, mas que, muitas vezes, não fazem parte da nossa vida diária. Os valores para serem aplicados precisam estar no coração, não na cabeça apenas. Para que os valores estejam no coração é necessário viver experiências que confirmem esses valores. Continue lendo “Uma Igreja Dirigida Por Valores”

Trinta Razões Para a Vida em Uma Célula

A visão de nossa igreja é viver em comunidade uma fé contagiante. Para implementar esse elemento da nossa visão, somos uma igreja em células. Pequenos grupos que se reúnem em casas para a edificação, evangelismo e multiplicação.

Por que — células? Há pelo menos 30 razões para vivermos em célula. Células:

   1. Permitem a todo cristão usar seus dons.

   2. São mais facilmente formadas, mantidas e terminadas.

   3. São um agradável meio de envolvimento e comunhão para a maior parte das pessoas.

   4. Atraem a maior parte das pessoas que “repelem” as igrejas.

   5. Experimentam a Presença de Deus em qualquer lugar.

   6. Podem reunir-se em qualquer lugar.

   7. Podem oferecer ajuda a qualquer pessoa.

   8. Permitem que mais líderes despontem e se desenvolvam.

   9. Custam quase nada para serem formadas.

  10. Ajudam cada novo crente a se tornar um ministro.

  11. Facilmente, se necessário, transformam-se em novas igrejas.

  12. Reproduzem-se com facilidade.

  13. Encorajam a oração mútua e de modo mais pessoal.

  14. Seguem de modo mais fiel o modelo de Igreja de Atos dos apóstolos.

  15. Oferecem a todos oportunidade de ministério.

  16. Atendem às necessidades mais imediatas de todos.

  17. Mantêm os líderes informados das necessidades dos membros.

  18. Permitem que todos liderem, mesmo que momentaneamente.

  19. O horário e o local de encontro atendem a todos.

  20. São ambientes mais terapêuticos para pessoas feridas.

  21. Facilitam a mobilização da maioria, numa urgência.

  22. Fluem na espontaneidade, não apenas no nível profissional.

  23. Proporcionam mais oportunidades para se expressar verdadeiro amor.

  24. Mostram aos convidados como é a vida cristã na prática ao invés de discursos.

  25. Estimulam compromisso com a Igreja.

  26. Treinam missionários que querem trabalhar em cidades remotas.

  27. Aliviam o pastor da tarefa de suprir sozinho todo o rebanho.

  28. Centralizam tudo na Pessoa de Cristo.

  29. Você experimenta a Presença, o Poder e o Propósito de Cristo.

  30.  A célula é o melhor lugar para aprender a morrer para si mesmo, e viver para os outros.

Rev. Edilson B. Nogueira

Afinal, O Que é Viver em Comunidade?

Certa vez o SENHOR JESUS afirmou: “Se tiverem amor uns pelos outros, todos saberão que vocês são meus discípulos.” (João 13:35)

 

JESUS ensina que comunidade é um estilo de vida — não um conceito. O amor uns pelos outros é a maneira de viver comunidade, e esse estilo de vida precisa ser referendado por aqueles que nos observam. O que diriam as pessoas de nossa igreja?

 

Dietrich Bonhoeffer escreveu: “A comunidade é um anfiteatro em que os gladiadores depuseram suas armas e armaduras, se tornaram hábeis em ouvir e entender, um lugar em que se respeitam os dons uns dos outros, celebram suas diferenças e cuidam das feridas uns os outros, um lugar em que todos estão comprometidos a lutar juntos — em vez de lutarem uns contra os outros. É também um lugar para se lutar com graça.

 

Nada atrai mais do que a unidade, mesmo na diversidade.  A Igreja de CRISTO é o único lugar no mundo, onde as pessoas são vistas — não pela profissão que exercem, ou pelos bens que possuem, ou pela popularidade e influência na sociedade, mas pelo que elas realmente são — filhos e filhas de JESUS CRISTO.

A Igreja é o único lugar do mundo onde as pessoas são tratadas pelo valor eterno que elas têm, o preço da Cruz de CRISTO.

 

A comunidade cristã é o único lugar da terra onde a Presença, o Poder e o Propósito de CRISTO podem ser claramente percebidos e experimentados.

Alguém já disse:

— Se esse não é o lugar onde eu posso chorar sem me envergonhar, onde é que eu vou chorar?

— Se esse não é o lugar onde eu posso ser aceito do jeito que eu sou, onde é que eu serei aceito?

— Se esse não é o lugar onde eu posso errar, e não ser rejeitado o resto da vida, onde é que eu posso errar?

— Se esse não é o lugar onde eu posso confiar meus segredos sem vê-los jogados ao vento, onde é que eu vou me expor?

— Se esse não é o lugar onde eu posso encontrar esperança na aflição, onde é que eu vou pedir ajuda?

 — Se esse não é o lugar onde eu posso experimentar amor sincero, alegria pura, fé genuína, vida santa, onde mais posso ir?

A igreja pode não ser uma comunidade perfeita, e na verdade há muitos escândalos que nos entristecem muito.

Mas apesar disso, a vida em comunhão na igreja cristã ainda é o mais poderoso instrumento de Deus para a restauração de vidas no Século 21.

 

A Visão da IPM é viver em comunidade uma fé contagiante. Para isso, estamos nos preparando para fortalecer o ministério de células. Atualmente, todos os líderes estão passando por um treinamento intensivo, com o propósito de prepará-los ainda melhor para o desafio de serem cooperadores com Cristo na tarefa de edificar o Corpo de Jesus.

Rev. Edilson B. Nogueira

 

Capa eBook

Doncôvim? Oncotô? Proncovô?

Não é grego, nem hebraico, é o gostoso dialeto mineiro: — De onde que eu vim?

— Onde que eu estou?

— Pra onde que eu vou?

A Igreja Presbiteriana de Macaé vem de um período muito frutífero sob a liderança de dois homens de Deus, Revs. Elsson e Esdras Moraes, que deixaram  uma inestimável contribuição na vida de nossa igreja. O Centro Educacional Presbiteriano (CEP) e o Centro de Promoção Humana (CET) são algumas das iniciativas notáveis daqueles pastores, sem falar na construção do novo templo, em fase de conclusão.

 

Estamos em uma nova fase cujo desafio é subir aos ombros dos que nos antecederam e projetar novas conquistas. Por isso vamos trabalhar em três dimensões: viver em comunhão, procurar um maior envolvimento com as causas da cidade, e expandir a visão evangelística e missionária.

 

Para desenvolver a vida em comunhão, estamos fortalecendo o ministério da célula, preparando os líderes atuais para realizarem um trabalho, que já é bom, em um ainda melhor. Todas as terças, os líderes se reúnem para um treinamento e aperfeiçoamento do seu ministério que envolve — evangelismo, comunhão, formação de novos lideres de célula. Quando as células reabrirem, você vai perceber que elas estarão muito mais interessantes e criativas. Por isso aguarde!

 

Para ampliarmos o nosso envolvimento com a cidade, vamos fazer o dever de casa — cuidar das vidas que já estão sob nossos cuidados. O Projeto Morobá é um dos maiores desafios de nossa igreja. É preciso mais gente, mais recursos financeiros porque as necessidades são inimagináveis, e isso abre um mundo de oportunidades. Se for o plano de Deus, quem sabe termos um pastor dedicado ao Projeto para fincarmos o Evangelho naquela região.

 

Para a expansão da visão missionária, o meu desejo é termos uma conferência missionária anual para o despertamento de novas vocações. Penso em uma junta de Missões Transculturais que promoverá o apoio aos missionários sustentados por nossa igreja. Na verdade, a missão da Igreja é fazer discípulos de todas as nações, e é por obediência à grande comissão de Jesus que temos de levar isso à sério.

Ore por nossa igreja, para que Deus faça um profundo despertamento espiritual, para que a nossa luz brilhe mais e mais.

Rev. Edilson B. Nogueira

As Três Tarefas de Cristo

Quando JESUS veio ao mundo, recebeu três tarefas a cumprir.

 

A Primeira Tarefa era Proclamar o Reino de DEUS. O Reino é o centro da mensagem e do ministério de JESUS (conf. Mc 1:15, Mt 4:17, Mt 4:23, Mt 9:35, Lc 4:43, Lc 8:1). JESUS afirmou:”Se, porém, eu expulso demônios pelo Espírito de Deus, certamente é chegado o reino de Deus sobre vós.” (Mateus 12:28) Não somente nos três anos de seu ministério, mas entre a ressurreição e ascensão, o Reino foi o foco da mensagem de JESUS:” A estes também, depois de ter padecido, se apresentou vivo, com muitas provas incontestáveis, aparecendo-lhes durante quarenta dias e falando das coisas concernentes ao reino de Deus.” Atos 1:3

 

A Segunda Tarefa de CRISTO foi realizar a Expiação. O apóstolo Paulo disse:“no qual temos a redenção, pelo seu sangue, a remissão dos pecados, segundo a riqueza da sua graça…” Efésios 1:7

Pedro afirma: “…carregando ele mesmo em seu corpo, sobre o madeiro, os nossos pecados, para que nós, mortos para os pecados, vivamos para a justiça; por suas chagas, fostes sarados.”1 Pedro 2:24

 

A Terceira Tarefa era Abençoar todas as famílias da terra. Quando DEUS fez um pacto com Abraão, prometeu: “Abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; em ti serão benditas todas as famílias da terra.”(Gênesis 12:3)

Para as duas primeiras Tarefas, Cristo usou o corpo gerado no Ventre de Maria. Mas, para o cumprimento da Terceira Tarefa, Cristo preferiu usar um outro tipo de Corpo. O Corpo das duas primeiras Tarefas, somente poderia estar em um lugar de cada vez. JESUS é onisciente, mas naquele corpo humano ele abençoava apenas os que estavam à sua volta.

 

A Terceira Tarefa exigia um corpo visível, palpável, leve, ágil, transportável a qualquer lugar, em todo lugar, a qualquer hora.

 

O Corpo de Cristo para a 3a Tarefa é a Igreja!

O Apóstolo Paulo afirma:

“Ora, vós sois corpo de Cristo; e, individualmente, membros desse corpo”. 1Co 12:27

 

“Porque, assim como o corpo é um e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, constituem um só corpo, assim também com respeito a Cristo.”1Co 12:12

A célula, é a mais pura e simples forma do Corpo de Cristo para a 3a Tarefa.

 

A missão da Célula é levar a bênção de Cristo a todas as famílias da cidade, indo a qualquer casa da cidade, qualquer dia, qualquer hora, para manifestar  a Presença, o Poder e o Propósito de Cristo ao mundo.

 

Isso significa que DEUS não tem outras mãos senão as minhas, outros pés senão os meus, outros braços senão os meus. Tudo que CRISTO  tiver de realizar, ele o fará através de cada um de nós.

Você está pronto para a Terceira Tarefa?

Rev. Edilson B. Nogueira