Formação de Acordes

Quando três ou mais sons são tocados simultaneamente ou sucessivamente (arpejo) produzem acordes. Os acordes comuns são construídos a partir de terças superpostas criando assim acordes com três ou quatro sons, tríades e tétrades consecutivamente.

Qualidade das tríades

Existem quatro possibilidades para as tríades. Essas possibilidades são determinadas pela qualidade dos intervalos das notas que formam o acorde. São elas:

Maior – X

T – 3M – 5J

Menor – Xm

T – 3m – 5J

Aumentada – X(#5)

T – 3M – 5 aum

Diminuta – Xº

T – 3m – 5 dim

Qualidade das tétrades

A construção das tétrades é baseada na formação das tríades. A nota acrescentada à tríade para criar um acorde de quatro sons, forma um intervalo de sétima em relação à fundamental do acorde. A sétima pode ser de qualidade maior, menor e diminuta.

Maior com sétima maior – X7M

T – 3M – 5J – 7M

Maior com sétima menor – X7

T – 3M – 5J – 7

Maior com sétima menor e quinta aumentada – X7(#5)

T – 3M – 5 aum – 7

Menor com sétima menor – Xm7

T – 3m – 5J – 7

Menor com sétima maior – Xm (7M)

T – 3m – 5J – 7M

Menor com sétima menor e quinta diminuta – Xm7(b5) ou X

T – 3m – 5 dim – 7

Diminuta –X°

T – 3m – 5 dim – 7 dim

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s