“A Comunidade da Fé Contagiante”

A nossa visão é viver em comunidade uma fé contagiante. Mas afinal, o que é ter uma fé contagiante?

 

         Uma pesquisa feita por Christian Schuwarz e Cristoph Schalk cobriu 1000 igrejas, nos 5 continentes, perguntando a pelo menos 30 pessoas por igreja, igrejas grandes e pequenas, igrejas do estado, igrejas perseguidas, carismáticas, tradicionais, e observou 8 marcas presentes em qualquer igreja que cresce. Um delas é a fé contagiante.

Mas o que é isso? É o grau de paixão com que certa igreja vive a sua fé. O Apóstolo Paulo ordena: “…sede fervorosos de espírito, servindo ao Senhor;” Rm 12.11

Mas onde esse fervor começa?

         A Fé Contagiante começa com os líderes. Eles começam a orar juntos movidos por uma sensação de que Deus está para realizar uma grande obra em sua igreja. E quando muitas pessoas começam a esperar um despertamento espiritual, invariavelmente Deus aviva a sua obra.

 

         A primeira grande mudança que essa fé contagiante gera na igreja, é na Celebração. Os crentes começam a fazer convites aos seus amigos, parentes e vizinhos. Eles fazem isso com uma profunda convicção de que ali Deus ordena a bênção e a vida pra sempre.

Se você vem ao culto e não traz nenhuma expectativa de que Deus vai surpreender, você vai sair do mesmo jeito que entrou. Mas quando você espera que Deus faça alguma coisa por um convidado seu, inevitavelmente ele faz algo extraordinário.

 

         Não é só isso, os crentes são repentinamente tomados de um senso incomum da Presença de Deus.

 

         Começa a haver um grande apego à Palavra de Deus, as pessoas têm prazer em ler, memorizar, aplicar e obedecer a Escritura.

 

         A igreja é tomada por um espírito de alegria e gratidão, há uma grande liberdade e participação na adoração.

O resultado disso é que centenas, milhares de pessoas são unidas à Cristo.

 

         Uma igreja de fé contagiante entende que tudo que se refere ao cultivo da vida espiritual é altamente apreciado, tudo é feito num clima de festa. A oração é uma festa, louvor é festa, jejum é festa, culto é festa, célula é festa, estudo bíblico é festa, tudo é encarado como se fosse uma grande celebração. Cristo é vivo pra aquela gente.

 

         A Igreja Presbiteriana de Macaé espera uma visita do Espírito Santo sobre nossas vidas, fazendo-nos deixar os pecados, amar mais a Bíblia, amar mais a oração, amar mais os perdidos, falar mais do Evangelho de Cristo, buscar mais  o reino de Deus, ter mais compaixão pelos necessitados.

Que Deus nos visite! E logo!

Rev. Edilson B. Nogueira

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s