ii-V

A progressão de acordes mais importante do jazz é a ii-V, que pode ou não resolver em I. A maioria das músicas tem progressões ii-V, em vários tons, espalhadas por ela. Por exemplo, tomemos a seguinte progressão de acordes:

 
| Cmaj7 | Dm7 G7 | Em7 | A7 | Dm7 | G7 | Cmaj7 |.

Há três progressões ii-V aqui. O compasso 2 forma um ii-V no tom de Dó, embora não haja o próprio acorde C (I) no compasso 3. Os compassos 3 a 5 formam um ii-V-I no tom Ré Menor, e os compassos 5 a 7 formam um ii-V-I em Dó novamente.

 
 

 

 

 

Anúncios

2 comentários em “ii-V

  1. Em uma musica onde um determinado acorde dominante ocupa um compasso interio, pode, por exemplo, ser acrescentado antes dele um acorte menor, criando assim uma cadência II-V, onde, para os dois acordes, usa-se a escala do alvo.

    Ex.: | Cmaj7 | G7 | -> | Cmaj7 | Dm7 G7 |

    Obs: O alvo neste exemplo é C.

    Sirlei, existem vários exemplos de rearmonização com cadência II-V. Se você precisar de maiores esclarecimentos é só postar outro comentário.

    Obrigado,
    Gleison

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s